Entry: Uma marca de silicone Wednesday, April 29, 2009



Decreta-se em aflição o estado de
emergência humana pelas ruas e paredes
sujas de uma cidade
internamente destituída de sabor, aroma,
sexo, sangue, lábios, epiderme ou sequer um
texto perdido que valha a pena encontrar e engolir pelos
olhos, réstias animais de uma civilização inteligente.

Hoje penso em morrer
oprimido pelas
janelas de velcro do
eterno.

   1 comments

groze
April 30, 2009   12:50 PM PDT
 
Este blog é, praticamente, teu. E não vejo mal nisso.

Leave a Comment:

Name


Homepage (optional)


Comments