Entry: é mesmo este o teu nome? Monday, May 21, 2012



se um ouriço fechado matar a minha mão
aberta, se uma graínha de uva ferir o céu
da minha boca em labor de alimentação,
se uma lasca de madeira velha magoar os
meus olhos insuficientes, querida, prometo
ferir-te as costas e morder-te os cotovelos
até os lençóis  te arderem nas costelas e
chorares com falta de ar. se os gatos à
noite arranharem as tuas costas, se os
morangos souberem a amoníaco e a
enxofre, é só sinal de que o tempo é este,
de que o espaço é este. e o que resta é
ver as moscas pentear os pêlos do corpo
com as patas.

   0 comments

Leave a Comment:

Name


Homepage (optional)


Comments